18 de julho de 2008

vc verá


Você Verá
Isso não pode acontecer
Dois corações separados pelo destino
Deixa eu falar no seu ouvido
Não há outro amor nessa vida
Se não for o seu...
Ele é diferente, especial e cativante
Você é meu anjo
E ninguém poderá tirá-la
De mim
Seu coração sempre foi uma porta aberta
Uma liberdade por dentro
Uma felicidade por fora
Não sonho que acabou
Pois o amor nunca morre
Quando você esteve aqui
nos meus braços
Senti que vivia no paraíso
Fiquei esperando tanto este momento
E você apareceu...
Seria inútil te pedir...Não vá
Você está ocupada demais
procurando caminhos
Procurando falsos amores
Vivendo sua vida
A eternida agora vai soprar
Meu amor era tão forte...
Será que perdi tudo
quando perdi voce?
Sei que sobreviverei
Você verá
Beios Dr x

Um comentário:

aria claudete disse...

por maior que seja o amor que sentimos conseguiremos sempre sobreviver a êle , pois como um feed-back sempre estaremos interagindo com esta força que nos transforma e nos mostra um caminho a seguir. Lindo seu poema!