6 de junho de 2007

SEMPRE CAMINHANDO





QUE COISA CHATA ESSE NEGOCIO DE FICAR DE PAPO PARA O AR
VIXE..DELICIA..MAS TUDO QUE É BOM DURA POUCO
SEGUNDA TO DE VOLTA

BEIJOS

SEMPRE CAMINHANDO


Hoje continuo, assim insistindo neste caminho
o mesmo que já venho seguindo
a procura de uma amor, a procura de um carinho
Fugindo da solidão que anda me perseguindo

A lua me acompanha, sigo contente seu brilho
O vento assim espalha, orvalhos pelo caminho
Tenho medo de AMAR, vivo portanto fugindo
Porque se Eu me apaixonar, canto como o passarinho

Sou assim mesmo, louco, maluco, querendo um ninho
Um poema improvisado, vontade de te beijar
Sinto até seu perfume, destilado pelo ar
Um embriagante mel, exalado pela pele

Onde você está? Talvez nem mais exista
Ninguém sabe ninguém viu
A única coisa que eu sei
Que no fundo ela me enfeitiça

Não importa..não importa..mas
pesso que venha agora
de encontro aos meus anseios
Pela ilusão, pelos sonhos
nos meus braços, profundo aconchego

Navego um tanto sozinho
Desejando o seu melhor perfume
Faço um pedido ao cupido
no momento quero mais uma chance


beijos

dr x

3 comentários:

Angélica disse...

Eskeceram de mim parti 1 , 2, 3 , 4 , 5 , até quando????????? hem?? ahh taloko viu...vc eskece de mim tao facil..estou com saudades !!vim dar bjuss desejar dias felizes .apareça !!!!!! : )))

Angélica disse...

ahhh eu tb estou um tanto navegando sozinha ...desejando um perfuminho basico e gostosinho, ahh cupido????? ele nao me ouve..hehehehe.é surdo coiado.affffff.



gracinha de texto!!!

Angélica disse...

ele é surdo *coitado* (tenho ke corrigir..em algumas coisas me da TOC)rsrsrs