3 de maio de 2006

Orientações para o futuro

Orientações para o futuro

?Os acontecimentos do passado são muito bons para aprender com os erros e criar referências de nossas capacidades. Quando você esquece o passado, corre o risco de repetir os mesmos erros. Seus e dos outros. Na Segunda Guerra Mundial, Hitler levou seus exércitos para o desastre no inverno da Rússia ? exatamente como Napoleão havia feito no início do século 19.

O passado pode ser fonte inesgotável de autoconfiança. Quando você olha com orgulho para o passado, lembra de suas vitórias e pode entrar em contato com uma força interior que te leva à superação. Mas, ao mesmo tempo, você deve cuidar para não estimular a nostalgia, ou viver de arrependimentos passados. Orgulhar-se permanentemente do que já aconteceu também não funciona e pode levar à decadência... nada de frases do tipo: ?no meu tempo...? ou ?antigamente...?.

O antigamente não existe mais; é só uma lembrança. Não entre nessa de remoer o passado; isso traz ressentimentos. E o ressentimento dói e imobiliza. O passado deve ser usado para se trabalhar no presente, com olhos no futuro...?

(texto de Roberto Shinyashiki, do livro ?Os Donos do Futuro?)


abraços

dr x

Um comentário:

Mércia disse...

Concordo em gênero, número e grau...rs!
O passado deve servir de exemplo para que erros não sejam repetidos.
Bjos...tenha uma linda semana curta.