9 de abril de 2010

falta coragem



FALTA CORAGEM

Tento esconder
Deixo tudo mal entendido
Sussurro palavras que pairam na língua
Eu sei que não existe
Nenhuma chance de acontecer
Você vai
Eu não tenho coragem
De ti dizer
Parece mais uma covardia
Que seja então
Mesclada da cor do pecado
Aparece em relevo
Seus mamilos perfeitos
Excitantes
As mãos molham de suor
Seguido por um suspiro longo
Minha pele queima como fogo
Delata o coração que
Desperdiçou mais uma chance
Esta mistura
De desejo e paixão exagerada
Confesso
Diante de você
Me sinto sem saída

Um comentário:

Hebe disse...

oi...sempre existe uma saida,nem que a gente tenha que começar do começo...e procurar fazer as coisas certas,agora um otimo jeito de dar certo e sair de cima do muro..quando eu penso que agora vai,la esta vc de novo sem saber para onde vai,rsrsrs.o negocio e vc derrubar de vez o muro botar a cara e ir em frente,so assim vc vai saber o que vai acontecer...apesar da indecisão esse seu jeito romantico e amoroso encanta.ficou lindo...beijosss.Hebe