5 de setembro de 2007

distancia que nos separa
















DISTÂNCIA QUE NOS SEPARA






Tudo é luz, tudo é aroma



Suspiro, quando se ama



Tu que és bela, soberba



Onde a imaginação voa



És melhos quando é ousada.






A saudade é aflição,



quando a distância insiste em ficar



Mas o que vejo? É um sonho



De nós dois embriagados em paixões



Teus Poemas......



Espero.... livre e sem receio



Como um jaguar querendo se saciar






Calado eu fico neste êxtase amoroso



De ver quebrada esta corrente



de um amor tão bonito



A natureza quer que seja assim



Lágrimas saltar com seu sabor amargo



Tantos castelos de aventura feito



Tanto foi o seu corpo desejado






Adeus- palavra sombria..estrangulada



de um peito que não suspira mais



de um coração sem calor



Eu gostaria que olha-se para mim



e sentisse o quanto sou verdadeiro



Mergulhasse sem medo



num beijo profundo



de quem sentiu só amor.






beijos






drx












3 comentários:

escorpyana disse...

Amor,saudade,beijos,humm muito romantico,como sempre ne.tenha um feriadaõ delicioso.
beijusssssssssss

Claudia Perotti disse...

Querido,

Gosto imenso do que escreve.
Para mim, teus textos chegam-me como música!

Beijinhossss

Anônimo disse...

sensacional!!!!!!!!!!!!!!!