21 de agosto de 2006

Caminho da Descoberta



Saímos pelo mundo em busca de nossos sonhos e ideais. Muitas vezes colocamos nos lugares inacessíveis tudo aquilo que está ao alcance de nossas mãos. Quando descobrimos o erro, sentimos que perdemos tempo buscando longe o que já tínhamos perto. Nos culpamos pelos nossos passos errados, pela procura inútil, pelo desgosto que causamos. Não é bem assim: embora o tesouro esteja enterrado na sua casa, você só irá descobri-lo quando se afastar. Existem certas coisas em nossa vida que tem um selo dizendo: "você só irá entender meu valor quando me perder e me recuperar". Não adianta querer encurtar esse caminho. É certo que este texto nos leva a refletir que na maioria das vezes só damos valor às pessoas, situações e às coisas quando as perdemos. No entanto, é certo também que nem tudo o que perdemos é possível recuperar numa vida. Saberemos o valor da perda, com certeza, e disto ficará o aprendizado. Nem tudo precisa ser aprendido pela dor, se nos conscientizarmos que podemos refletir e avaliar antes, para não sofrer depois. Intimamente, sabemos que tem coisas que, depois de passadas, não voltam nunca mais... Existem oportunidades que não se repetem. Outras semelhantes poderão vir, mas não exatamente a mesma que perdemos. Dentre as coisas mais difíceis de se recuperar estão a confiança, a amizade, o amor e a dedicação. É como um vaso quebrado depois de colado, não terá o mesmo valor e nem a mesma magia de antes. Precisamos, urgentemente, mudar nosso padrão mental, precisamos querer aprender sem dor, precisamos nos acostumar a evitar sofrimentos desnecessários e, em muitos casos, isto é possível. Disto tudo fica que, de real, teremos sempre o valor do aprendizado, e que o Pai sempre poderá dar uma nova chance. Mas nós, os irmãos, ainda temos muito que aprender.

(texto de Paulo Coelho)

abraços

drx

2 comentários:

Doutor X / Elisabete disse...

te

DeAngeliS disse...

Que bom que gostou do blog, ali é uma parte onde resolvo dar uma de jornalista e relatar coisas que todo mundo gostaria de receber em casa embrulhadinho, porém posto tudo no blog, visita-me sempre! Abraço Bete!