5 de novembro de 2012

ardencia profunda






ARDENCIA PROFUNDA

Deito em silêncio
enquanto sonhos me rodeiam.
você morena  é frio que congela
Me dando muitos calafrios
Perco o rumo,
Tremo num desejo interno
Oriundo da ansiedade de beijar
Minha nuca suada
Um coração acelerado
Querendo te pegar em seguros braços
Arrancar a sua roupa
Experimentar acoes e sensações
Te sinto, te pressinto
Um oceano no teu ventre
Derramado na minha boca
E nessa ardência profunda
sina, trajetórias de gozos
dormir, sonhar e jamais acordar
Dctor

3 comentários:

Anônimo disse...

Hummm,adorei o seguros braços,muito bom a gente se sentir segura...adorei,bjs.Hebe

Paty Mota disse...

Amore tem presentinho pra vc no meu blog.

Espero que goste.

Beijos

http://patriciamotasfs.blogspot.com.br/

Maria Bonfá disse...

sonhar é bom .. sonhar com o amor melhor ainda..uma delicia te ler..beijo