15 de março de 2010

paz


PAZ

Um olhar triste que meu peito

Não assimilou
O inferno hoje não é meu
Distante vejo a dor de quem
Muito se decepcionou
O teu silêncio machuca
Para quem acha
Que não tem culpa de nada
Eu ainda lembro dos dias
De felicidades
Das tardes soltas e quentes
Dos sorrisos sem maldades
Na liberdade das alegrias
E a vontade de ser cada
Vez melhor
Erros e acertos, duvidas
E certezas
Foram feitos mesmo
Para gente mudar
Paz no seu coração

Dr x

3 comentários:

Anônimo disse...

This has been on my mind for some time..... and I agree with you to some degree.
frokostordning

HEBE disse...

oi...as vezes a decepcão acontece mesmo sem a gente querer ou perceber,as vezes não são as atitudes que magoa ou decepciona,mais sim o jeito...erros,acertos,duvidas e certezas fazem parte...e maravilhoso quando conseguimos reparar e voltar atras,e o silencio do outro muitas vezes e a esperança que isso aconteça.adorei,beijosss.Hebe

Soraia Yumi disse...

Oi,estou visitando o seu blog e adorando ler o que vc escreve,muito legal!
Abraços!

Ah! O silêncio as vezes fere.