24 de agosto de 2007

bandida



Corre, ande mas venha minha doce bandida
Te espero com seu louco delirios

Hei de te chamar de meu amor

Respondendo aos seus gemidos
Insultos,
fantasias que me provocam

Sou Eu o prisma dos teus sonhos

Nós somos o fruto do universo

Uma força que obedeço conciente

Teu corpo um templo, que não dorme

Impulso que me faz prender a voce

Imóvel já sou parte de Ti

Es minha presa agora

Corres pelo seu corpo a minha boca

Sei realmente onde ela vai

Mais ardentes os meus dedos te envolvem
A procura......a tua procura
Esse templo que tu sustenta

Face a face, boca a boca
Inunda de desejos o meu coração

Entretanto, seremos loucos

Mortais a luz do dia

E apaixonados por toda a noite

Rolando em fantasias

Quem sabe?

Talvez que eu seja a alegria da sua vida

Quem sabe?

Eu consiga enfim te prender

beijos Bandidas

bom finds

dr x

Um comentário:

Angélica disse...

Todas muito feia ,rrsrsrsrs


brincadeira amigo kerido.!! todas muito das gostosas.hehhehehee