2 de setembro de 2011

Iluminando










ILUMINANDO

Fazendo amor com você

Tem um certo sabor


Eu não procuro, eu não invento


Eh o contato do seu corpo


Que mata a minha fome


Um brilho nos olhos


Delatam todo o nosso prazer


A boca seca só sacia


Em meio as suas pernas


Um encontro com a felicidade


Seus seios perfeitos


Me olham tão calmos


Que eu acabo terminando 


Em loucura


É o nosso amor iluminando tudo



DCTOR

Um comentário:

Pétala disse...

Inebriante...bjs