10 de outubro de 2010

Minha sentença




MINHA SENTENÇA

Julgador de coração
Decreto a sentença
reflexo de minha alma
De amor para sempre
Quero um lugar para mim
Vivo de emoções
Um homem apaixonado
É você o tempo todo
No meu caminho
Uma história que pode sim
Ter um final fantástico
O que eu sinto por você
É mais do que atenção
Não vejo a hora
Cheguei no meu limite
Eu quero te amar
Não vivo sem o teu amor

DCTOR

Um comentário:

Talita disse...

Que lindo teu blog, muito boa tua postagem. Gostoso entrar em espaço assim, onde encontramos textos e imagens que tocam a alma. Se puder passa no meu cantinho tatapalavrasaovento.blogspot.com, sua visita será uma honra.

Beijos, boa semana!!